— ler mais..

O chamado “Caso Cardinal” – eis o homem que foi à Madeira depositar dois mil euros na conta do árbitro assistente – é conhecido e dispenso-me, por isso, de qualquer comentá..." /> — ler mais..

O chamado “Caso Cardinal” – eis o homem que foi à Madeira depositar dois mil euros na conta do árbitro assistente – é conhecido e dispenso-me, por isso, de qualquer comentá..." /> Caso Cardinal: um “bom” exemplo do lume brando da justiça - Bola na Área - Record

Bola na Área

Voltar ao blog

Caso Cardinal: um “bom” exemplo do lume brando da justiça

9 Setembro, 2015 1019 visualizações

O chamado “Caso Cardinal” – eis o homem que foi à Madeira depositar dois mil euros na conta do árbitro assistente – é conhecido e dispenso-me, por isso, de qualquer comentário ou contextualização.

<p>Ficou a nu um esquema que visava coagir os nossos árbitros. Uma situação de extrema gravidade.

Quem a executou foi identificado e falta saber como acabará o caso em julgamento.

Mas o que todos conhecemos é o que a justiça desportiva fez. Ou o que não fez.

Mas o que mais impressiona é ver a nata da nossa arbitragem a pedir, unitariamente, mil euros de indemnização. Não seria melhor pedir dois mil? Como se honra se pagasse com dinheiro.

Ricardo Costa foi, quiçá com excesso, uma andorinha que não fez a primavera.

Siga a marinha, portanto.