— ler mais..

Esta noite sonhei que tinha falado com Raul Meireles…   – Obrigado por este bocadinho, Raul. Esta é pergunta que se impunha: toda a gente esperava mais de ti tendo em conta o facto de ..." /> — ler mais..

Esta noite sonhei que tinha falado com Raul Meireles…   – Obrigado por este bocadinho, Raul. Esta é pergunta que se impunha: toda a gente esperava mais de ti tendo em conta o facto de ..." /> Raul Meireles: “Quero uma barba igual à do Pinto da Costa” - Bola na Área - Record

Bola na Área

Voltar ao blog

Raul Meireles: “Quero uma barba igual à do Pinto da Costa”

11 Setembro, 2013 1704 visualizações

Esta noite sonhei que tinha falado com Raul Meireles…

  – Obrigado por este bocadinho, Raul. Esta é pergunta que se impunha: toda a gente esperava mais de ti tendo em conta o facto de teres jogado no Estádio Gillete…

– Eugénio, até percebo, mas não posso. Afeta-me as tatuagens.

– Também te comparam ao António Variações…

– É uma honra. Nem consigo dominar este estado de ansiedade. Mas esse Variações era aquele da flauta?

– Não, esse é o Rão Kyao. O Variações era o barbeiro.

– Porra!

– Pois. Raul, como foi jogar sem o Cristiano Ronaldo?

– Foi chato, sentimos muita a falta de “Linic” no balneário.

– Qual o apodo que preferes quando se fala no Bruno Alves: Bruto Alves, Bruce Alves ou Burro Alves?

– A malta trata-o por Bruninho. É um tipo porreiro pois com ele deixam-nos sempre entrar nas discotecas.

– Incomoda-te o facto de termos na seleção quatro jogadores das Caxinas e da Póvoa de Varzim?

– Não, sempre tive uma grande admiração pelo Paulinho Santos.

– E o Neymar, é mesmo craque?

– Não sei se é craque ou outra coisa qualquer mas joga muito. Era gajo para ganhar o Tour.

– Tinhas lugar na seleção do Brasil?

– Acho que sim, não vejo ali ninguém com um look como o meu. O David Luiz? Desculpa mas jamais jogaria com uma vassoura na cabeça.

– E com uma esfregona?

– Isso já faço.

– Olha, Raul, conta-me um pouco da tua vida em Istambul.

– Gosto da cidade. Tem castanhas assadas todo o ano e é, tal como eu, é uma cidade completamente bizantina.

– Não preferias jogar num campeonato a sério?

– Sim, tenho saudades do tempo em que jogava no Aves e era treinado pelo professor Neca. Mas nunca lhe perdoei não me ter levado para as Maldivas.

– De todas as tuas tatuagens, qual a tua preferida?

– É uma que tenho nas costas e que pede justiça para o Boavista.

– Vês no mundo um jogador parecido contigo?

– Não é fácil mas outro dia vi muitos gajos parecidos comigo na festa do Avante só que tinham boinas.

– Qual é o teu pior pesadelo?

– Fecharem a feira de Espinho.

– O que leva jogadores como tu, que ganham milhões, a vestirem-se como gunas?

– Isso é um insulto. Gasto muito dinheiro em roupa interior.

– Quando deixares de ser futebolistas, vais fazer o quê?

– O mesmo.

– Ah?

– Cenas.

– Vais deixar crescer quanto mais essa barba?

– Até ao tamanho Pinto da Costa.

– Mas o presidente do FC Porto não tem barba…

– Mas tem o irmão.

– Não temes um dia encontrar algo de estranho nessa barba?

– Já encontrei um percing mas não sei de quem é. Ah, e metade de um Big Mac.

– Pronto, Raul, obrigado, queres deixar alguma mensagem aos leitores deste blogue, entre os quais o Rui Santos?

– Para os leitores, obrigado pelos likes na minha página no Facebook MaisRelesnãohá. Para o Rui Santos, deixa crescer a barba, faz uma crista e vais ver que nem precisas de comprar esses fatos.

 

Comentários