— ler mais..

Sem surpresa, Domingos abandona o Sporting. Deixa-o a 16 pontos do líder mas em prova na Liga Europa e na condição de finalista da Taça de Portugal. Já ninguém se lembra do entusiasmo que voltou a..." /> — ler mais..

Sem surpresa, Domingos abandona o Sporting. Deixa-o a 16 pontos do líder mas em prova na Liga Europa e na condição de finalista da Taça de Portugal. Já ninguém se lembra do entusiasmo que voltou a..." /> Domingos rumo ao Dragão - Bola na Área - Record

Bola na Área

Voltar ao blog

Domingos rumo ao Dragão

13 Fevereiro, 2012 906 visualizações

Sem surpresa, Domingos abandona o Sporting. Deixa-o a 16 pontos do líder mas em prova na Liga Europa e na condição de finalista da Taça de Portugal.

Já ninguém se lembra do entusiasmo que voltou a tomar de assalto Alvalade!!!!!!!

O Sporting só teve paciência para um treinador nos últimos anos, o Poulidor do futebol português, hoje à frente da equipa dita de todos nós.

O que falhou com Domingos no Sporting?

Talvez seja melhor perguntar: o que falhou no Sporting desta vez com Domingos?

Todos sabemos o que se passa. O Sporting não tem a capacidade aquisitiva de Benfica e FC Porto e não tem também poder institucional – é um clube que nos últimos anos se auto-marginalizou.

O Sporting continua a ser, por outro lado, um saco de gatos. Tem uma direção a prazo, compromissos pesados e até o presidente da AG é paineleiro.

O clube de Alvalade continua a ser enorme mas os seus problemas são maiores. Corre o risco de perder o estatuto de grande, pelo menos de facto.

Quanto a Domingos, volta à Foz do Douro. Fica muito mais perto do Dragão.

Enquanto isso, o Sporting aposta em Sá Pinto. Tem lógica. Já temos como vice-presidente da FPF um antigo jogador que agrediu um árbitro num Mundial de futebol, não há qualquer problema em termos no Sporting um antigo jogador que agrediu um seleccionador nacional.

Ao fim do dia, entretanto, eis que a agência Lusa deu notícia de uma pseudo traição de Domingos.

É para rir ou para choramingar?

COMENTÁRIOS EM DESTAQUE

Mr. T to the Ray 04 disse em 13-02-2012 às 16h36

Sobre este post do Eugénio, tenho mesmo que copiar. No que será a seguir transcrito, dirigi-me originalmente ao Greentsunami, dos poucos sportinguistas que por cá andam nos bons e nos maus momentos do clube, e é sinceramente a minha ideia deste Sporting:

“Acho que no Sporting existe um ambiente muito perigoso de conformismo, um pouco como estão as coisas no país. Se as coisas estão mal, deixa andar, o que é que pode piorar? O problema é que mal se diz isto, qual cena de Hollywood, começa a chover.

O Sporting, como grande clube e instituição desportiva que é, não se pode contentar com más exibições, com dirigentes que tentam disfarçar a situação do clube e negar o inegável. O argumento da equipa “Cerelac” já há muito caiu. Sim, grande parte dos jogadores contratados são mesmo muito jovens, mas pelo investimento que foi feito, não se esperaria alguma qualidade, tanto exibicional como nos resultados?

Basta olhar por exemplo para o caso do Braga e vê-se que numa equipa onde existiram várias saídas importantes, principalmente na defesa, consegue-se excelentes resultados e de vez em quando apresentar um futebol agradável.

Os que criticavam Paulo Sérgio e Carlos Carvalhal, por este último ganhei um respeito enorme por ter pegado na equipa naquelas condições, será que agora criticam Domingos?

A equipa de futebol, ao contrário das 2 últimas épocas, tem qualidade no meio-campo e no ataque. A defesa é que continua a ser medíocre. Xandão parece ter qualidade, mas quando alguém como Onyewu é elevado ao estatuto de titular indiscutível e apelidado de, pasme-se, “Capitão América”, penso que estará tudo dito.

E se há qualidade na frente, não existem alternativas. Wolfswinkel, assim como toda a equipa, passa por um défice de confiança. Quais são as alternativas credíveis ao holandês? Pois, não há. E se no meio-campo há jogadores interessantíssimos, não existem alternativas a Rinaudo (excelente contratação).

Eu digo isto, acho estranho existir tanto conformismo dentro do clube. E não falo de trocas de insultos ou pedir a demissão de “X” ou “Y”. Não vi ainda figuras notáveis do clube apresentarem alternativas para tentar mudar o rumo, não vejo a grande maioria dos sócios sportinguistas a exigir o que devem.

No entanto, e sei que muitos não concordarão comigo, esta é apenas a minha visão como “outsider”, sem conhecer aprofundadamente a realidade do clube.”

jorgen80 disse em 13-02-2012 às 17h10

E penso que o Sá Pinto é o homem certo. Com ele, se os jogadores decidirem jogar sem intensidade, até ficam sem orelhas!

santarem39 disse em 13-02-2012 às 17h53

Não gosto do Domingos já o disse anteriormente, acho que ele é um péssimo motivador de homens.

Está decisão é terrível no aspecto financeiro, pelo menos mais quatro meses de ordenados para um corpo técnico novo.

Se for para contratar outro treinador que não o Sá Pinto para a próxima época mais valia o Domingos ter ficado por lá.

Com isto ganharam tempo para preparar a sucessão, o que pode ser bom, mas já esta época o treinador teve muito tempo para pensar nela e não resultou por aí além.

Godinho Lopes: “Saída de Domingos não faz sentido”

Como enquadrar estas palavras ditas ontem pelo presidente do Sporting?

Será que a direcção é um orgão colegial e ele votou vencido?

No futebol português que tem razão é Pimenta Machado, “O que hoje é verdade, amanhã é mentira..”