— ler mais..

Como todos sabem, o clássico começou mal. Começou com uma nomeação de um árbitro seguida do respetivo atestado médico. Ou seja, começou a medo. Seguiu Pedro Proença para o dérbi, na companhia do m..." /> — ler mais..

Como todos sabem, o clássico começou mal. Começou com uma nomeação de um árbitro seguida do respetivo atestado médico. Ou seja, começou a medo. Seguiu Pedro Proença para o dérbi, na companhia do m..." /> Sporting-FC Porto foi Trigo limpo - Bola na Área - Record

Bola na Área

Voltar ao blog

Sporting-FC Porto foi Trigo limpo

17 Março, 2014 1231 visualizações

Como todos sabem, o clássico começou mal.

Começou com uma nomeação de um árbitro seguida do respetivo atestado médico.

Ou seja, começou a medo.

Seguiu Pedro Proença para o dérbi, na companhia do melhor árbitro assistente do mundo, Bertino Miranda, e de um velho companheiro de estrada, Tiago Trigo, o tal que foi ultrapassado por Ricardo Santos na final da Champions que PP apitou.

Antes do início do jogo, o FC Porto esteve quase a defender com Trigo no seu meio-campo mas Rui Patrício trocou as voltas e começou a defender no lado de Bertino.

Fica provado que os jogos também se ganham e perdem nos pormenores.

Acabou por ser TT a validar uma decisão que PP não podia contrariar. André Martins estará em fora-de-jogo antes de arrancar o cruzamento que Slimani emendou de cabeça com êxito.

(mas, vendo bem esta imagem, às tantas…)

O melhor árbitro assistente do Mundo, com o seu olho de falcão, não teria deixado seguir a jogada.

Azar.

O Sporting ganhou com esse golo e não fez por marcar mais. O FC Porto teve apenas momentos (sobretudo graças a Quaresma) mas não mostrou consistência e personalidade. Podia ter empatado pelo menos? Podia, mas seria sempre em esforço.

Ainda não conhecemos o resultado do Benfica na Madeira mas mesmo que seja mau mais uma jornada se passou e o FC Porto está definitivamente a ver navios. Mas atenção: ainda há taças caseiras e Liga dos Campeões. Os portistas estão a exagerar um bocadinho nas cores da crise pois há muito caminho para percorrer.

De resto, ficou apenas uma dúvida: o que disse Proença a Quaresma quando este se preparava para marcar um canto.

BnA sugere três legendas:

– Emprestas-me o teu Mustang esta semana?

– Ricardo, no problema, vais ao Brasil comigo.

– Desculpa, pá, sei que não é normal roubar um cigano…