— ler mais..

A qualificação de três equipas portuguesas para os quartos-de-final da Liga Europa é muito mais que um feito histórico que os histéricos do costume não conseguem desvalorizar quando afirmam que es..." /> — ler mais..

A qualificação de três equipas portuguesas para os quartos-de-final da Liga Europa é muito mais que um feito histórico que os histéricos do costume não conseguem desvalorizar quando afirmam que es..." /> HÁ MOMENTOS ASSIM - Bola na Área - Record

Bola na Área

Voltar ao blog

HÁ MOMENTOS ASSIM

18 Março, 2011 943 visualizações

A qualificação de três equipas portuguesas para os quartos-de-final da Liga Europa é muito mais que um feito histórico que os histéricos do costume não conseguem desvalorizar quando afirmam que esta é a II Divisão da Europa.

(foi detestável a forma como, por exemplo, Diamantino Miranda comentou o Liverpool-Sp. Braga, no Sport-TV, pondo sempre o acento tónico na pobreza franciscana da equipa do Liverpool por comparação certamente com outras que noutros templos deram abadas ao Benfica de Diamantino)

FC Porto, Benfica e Sp. Braga fizeram apostas certas nos seus plantéis e qualquer uma delas pode vencer a competição. É bem que todos acordem e que vejam no Sp. Braga um potencial vencedor. Os arsenalistas, neste grande caminha europeia, venceram Celtic, Sevilha, Arsenal e agora deram também a volta ao Liverpool, eles que há dois anos conquistaram a última edição da Taça Intertoto.

O futebol português não precisa de mais provas de vida para além desta realidade. Está bem vivo e recomenda-se.

Num país deprimido, onde os bancos vivem de balões de oxigénio e onde o Estado teima em não descartar os múltiplos estatutos que mamam na têta do Zé Pagode, o futebol continua a ser a GRANDE CATARSE, o GRANDE EXEMPLO, a GRANDE MOTIVAÇÃO.

Parabéns, pois, a FC Porto, Benfica e, sobretudo, Sp. Braga. E parabéns também a quem fez a capa de A BOLA de hoje.

 

Comentários