Bola na Área

Palermices

3 Março, 2012 0

Querer reduzir a vitória do FC Porto na Luz aos erros de Pedro Proença, de Emerson, de Jorge Jesus ou até de Artur é uma perfeita palermice.

Soa a desculpa serôdia e só os benfiquistas fundamentalistas se podem rever nesta forma fácil de sacudir a água do capote.

O que todos vimos na Luz foi um FC Porto que quis ganhar o jogo sobretudo quando o estava a perder, perante um Benfica que não teve estaleca para segurar ou ampliar o resultado que lhe era favorável no início da 2.ª parte, depois de ter dado a volta ao resultado.

Ok, Emerson é um marreta.

Ok, Jorge Jesus continua a teimar em tirar o Aimar, apenas o melhor jogador do Benfica.

Ok, Artur teve uma saída à Ricardo e Maicon imitou Luisão no tal jogo do título.

Esta crise do Benfica tem uma autoria e está identificada. É o tal que promete “abafar” os adversários.

Em Inglaterra, no final dos jogos, os treinadores costumam oferecer garrafas de vinho uns aos outros. Estou tentado a adivinhar a marca do vinho que na sexta-feira negra da Luz Vítor Pereira ofereceu a Jesus:

É uma boa pinga e, que conste, ao contrário de alguns colorantes para o cabelo, não provoca danos cerebrais!

 PS – Diz o povo que até ao lavar dos cestos é vindima mas o povo também diz muita parra, pouca uva.

COMENTÁRIO EM DESTAQUE

# José11Moreira disse em 03-03-2012 às 15h39

A equipa de arbitragem errou? Errou. Teve brutal influência no resultado? Teve. Mas como pode Jesus pedir explicações ao árbitro quando não foi capaz de segurar 5 pontos de vantagem para o FCP? Como pode Jesus atirar a culpa para ceara alheia quando não é capaz de derrotar VP?? Como pode Jesus pedir responsabilidades quando ele não é capaz de assumir as suas quando perde?

Por acaso discordo do Eugénio na questão Aimar, segundo o que me apercebi, ontem, El Mago pediu a substituição, logo Jesus não podia negar. Coloco sim em causa a opção para a substituição. Na minha modesta opinião, Bruno Cesar deveria ter sido o eleito para entrar para o lugar do Argentino, mesmo sem contar com o défice físico de Rodrigo. Acho que um jogador como o Brasileiro ajudaria mais o SLB a conservar a bola, que era no fundo o que precisava naquela altura.

Mas em tudo o resto a culpa tem marca registada e não vejo JJ assumi-lo.

Enquanto o staff do Benfica foi capaz de “calar” JJ, a coisa foi correndo sobre carris, mas quando este se viu a 5 pontos, com a imprensa a seus pés, não resistiu e voltou a ser o pior Jesus que se viu na Luz. Menos palavra e mais trabalho por favor. Pena que possa ser tarde para emendar a mão.

E porque não acredito que no Dragão a coisa já não esteja bem trabalhada para que se deixe fugir o título, acho que LFV deve começar a fazer contas à vida e arranjar novo técnico para Junho. Sempre, claro, no segredo dos deuses, pois na pior das hipóteses, Vítor Pereira não aguenta a coisa e Jesus é campeão e tudo volta ao “normal”.

Da noite de ontem, não sobram só más notícias… Há uma excelente notícia para os adversários do FCP… É que, muito provavelmente, Vítor Pereira não sairá do Dragão no final da época…:D

 

O cláXico visto daqui

2 Março, 2012 0

Daqui mesmo, da minha base, onde passo muitas horas da minha vida, na redação de Record do Porto, irei tentar acompanhar e comentar as incidências do jogo da DECINÃO.

17.53 – Telefonei agora ao Bruxo de Fafe, o meu amigo Fernando Nogueira, para lhe pedir um prognóstico. Ele diz que não faz essas coisas e informa que ao contrário do que se vai dizendo na blogosfera, não é do Benfica mas sim apenas do V. Guimarães. Falou o homem da terra de Laurentino Dias, de Marques Mendes e do célebre justiceiro.

17.58 – Por falar no Bruxo de Fafe, o conhecido especialista em artes do oculto foi ontem muito citado numa reportagem da TVI, excelentemente conduzida pelo Vítor Bandarra, sobre o grupo “Os Magalhães“, um grupo de benfiquistas da Venda Nova (Amadora) que integra familiares de Jorge Jesus, entre os quais o seu irmão mais novo, na foto à esquerda.

Ficamos ai a saber que o irmão mais novo é do Sporting mas que está sempre ao lado do mano nos clubes por onde ele passa. Até pelo Felgueiras, que não fica muito longe de Fafe, não senhor…

 18.13 – Aida Cameirão, de Sintra, já entrou em campo no meu FB:

Confirma-se. Não há portistas apenas na Gandra.

18.17 – Rui Baptista, meu amigo e atual assesor de Imprensa de Pedro Passos Coelho, também benfiquista e adepto do Beira-Mar, acaba de postar no seu FB esta foto com o seguinte comentário:

Que seja uma festa! (e, já agora, se o Benfica ganhar….melhor ainda)

18.53 – Paulo Cintrão e a equipa da TSF já a postos na Luz:

18.59 – Estão feitas as nossas apostas aqui na redação (1 euro). Apostei no 0-0. Começo a ganhar. As outras apostas: 2-2, 0-1, 4-1, 1-2, 3-1 e 1-1. Até ver.

 19.28 – Hora dos cromos.

<p>

19.20 – Não há surpresas no onze do Benfica (regressa Jávi). No FC Porto, Maicon vai ser de novo defesa-direito, confirmando-se que é o jogador-fétiche de Vítor Pereira. O elo mais fraco do Benfica: Emerson. E o do FC Porto: Rolando. O elo mais forte do Benfica: Gaitan. E o mais forte do campeão nacional: Janko.

19.45 – Quando o jogo começar, o Benfica será líder do campeonato. Só o deixará de ser a partir do 3-3 ou se estiver a perder…

20.01 – Tudo tranquilo no túnel.

20.07 – Só mesmo com um milagre.

20.22 – Equipa do Benfica entra tolhida e…pum. Bomba de Hulk (a 108 km/hora) com Emerson (que antes fez penálti sobre o Incrível) a deixar o caminho aberto.

20.28 – Benfica sem reação, FC Porto procura o segundo.

20.34 – Javi faz falta sobre Aimar e o árbitro não marca!

20.38 – Cardozo isolado passa a bola a Helton.

20.39 – FC Porto já ganha 2-0…em cartões amarelos.

20.40 – Benfica parece querer despertar do coma.

20.45 – 3-0 para o FC Porto em cartões amarelos. Isto já é goleada.

20.48 – Benfica sem giz no taco. Aimar tem tudo para empatar mas também passa a bola a Helton.

20.50 – Os centrais do FC Porto caem sozinhos mas os avançados do Benfica continua a assistir Helton.

20.51 – Artur salva duas vezes o 0-2. Aqui a malta lembrou-se do Roberto.

20.57 – Sem saber ler nem escrever, o Benfica empata!

21.02 – Intervalo. O FC Porto podia ter chegado aqui com dois golos de diferença. O Benfica está de novo no jogo. Falta agora saber quem tem trunfos na manga. Rodrigo ou James, quem vai resolver?

21.21 – Sexto golo do Tacuara ao FC Porto. Tudo muito complicado para o FC Porto, terá mesmo de fazer das tripas coração.

21.30 – Jesus reage primeiro que Pereira e Rodrigo entra. O Benfica está como quer: com espaço. Vem aí James!

23.38 – A magia do futebol. O FC Porto empata em jogada de contra-ataque. Autor do golo? Bond, James Rodríguez.

22.03 – 2-3. Foto Maicon tira o retrato do título, isto é, se o Sp. Braga claudicar…

22.04 – Nelson Oliveira entra sobre os descontos. Ora aí está por que lhe chamam o Mestre da Táctica.

22.07 – Toca o telemóvel. É o Bruxo de Fafe. “Eles que procurem o bruxo pois não é normal uma equipa como o Benfica perder 8 pontos em 3 jogos”, atira. E eu registo.

Fim do jogo. Vitória ajusta-se ao que o FC Porto produziu mas o 3.º golo é precedido de fora-de-jogo. Nem serve de desculpa. Tal como dissemos aqui, o elo mais fraco do Benfica acabou por ser preponderante e o trunfo que estava na manga também. E não sou bruxo nem nasci em Fafe.

COMENTÁRIO EM DESTAQUE

Blue-Eyes disse em 03-03-2012 às 13h46

.

Oh Pedro Miguel…

Se queres falar de futebol, fala-me do 2-2 mentiroso no jogo da 1ª volta….

Se queres falar de futebol, fala-me do penalty aos 81 minutos contra o teu benfica.. é que o golo em fora do jogo do Porto de meio corpo, foi só aos 87 !!!!

Fala-me das expulsões PERDOADAS ao Gaitan e Maxi Pereira!!!

Ou até das contínuas 'caricias' e 'carinhos' do Javi Gacia ao Lucho… que passaram IMPUNES !!!!

Ou então, se queres falar de futebol… pergunta ao JJ pelo Saviola, pelo R. Amorim, pelo Enzo Peres….