Lado B

Falhar pode custar caro

31 Janeiro, 2018 0

Só aos 86 minutos o Sporting conseguiu colocar-se em vantagem frente ao defensivo V. Setúbal. O leão foi salvo por Bas Dost, o holandês sobre quem foi cometido o penálti, que não falhou na hora da verdade. A materialização da merecida vantagem tardou demasiado a uma equipa que teve mais de meia dúzia de oportunidades. A diferença entre quem ganha e perde campeonatos faz-se nestes momentos. Em quem marca. Em quem sabe ganhar sem jogar bem. O que até não foi o caso: o Sporting foi muito superior ao adversário. Mas falhar pode custar caro. Os leões ontem falharam muito mas não no momento certo.

— ler mais

Leão procura identidade

20 Novembro, 2017 0

O Sporting joga hoje a apresentação aos sócios frente a um adversário temível e a um treinador que bem conhece: Leonardo Jardim. É contra a poderosa equipa francesa que a formação de Jorge Jesus procura uma nova identidade. Após uma primeira época em que jogou um futebol fantástico, na temporada passada o leão foi uma deceção. Tendo investido muito mais do que era habitual em Alvalade a cada defeso e contratando sempre vários ‘reforços’, ao Sporting tem faltado a estabilidade e continuidade que facilita o trabalho de quem joga sempre para ganhar.

— ler mais

Um bom princípio

5 Novembro, 2017 0

Com a chegada de Acuña ao estágio, Bruno de Carvalho dá a Jorge Jesus mais um reforço pedido pelo técnico e a que corresponde um avultado investimento. O treinador do Sporting defendia no final da época que não era com os miúdos que ia lá. O presidente parece ter-lhe dado ouvidos e entretanto chegaram Piccini, Mathieu, Fábio Coentrão, Battaglia, Bruno Fernandes, Doumbia e o extremo argentino. Não se pode dizer que seja coisa pouca ou jogadores de terceiro mercado. Mathieu chega do Barcelona, Coentrão do Real Madrid, Doumbia emprestado pela Roma e à exceção de Piccini todos são conhecidos dos portugueses. Entre o dinheiro investido e salários dos renomados, a SAD aposta forte em jogadores que possibilitem a JJ lutar pelo título.

— ler mais

É agora que se começam a ganhar títulos

11 Agosto, 2017 0

Terminada a temporada, eis que os grandes se esforçam e digladiam por encontrarem os melhores reforços. É verdade que parte do trabalho já está feito, nomeadamente em Sporting e Benfica, mas há ainda muito a fazer. Seja em compras ou vendas. Águias e dragões estão obrigados a encaixes milionário para equilibrarem as contas e as notícias sobre saídas sucedem-se. Primeiro as baixas nas balizas. Ederson protagoniza a segunda maior transferência de sempre de um guarda-redes, Casillas está de partida pois os encargos assumidos são demasiado elevados para a realidade portista. E se na Luz a estabilidade parece adquirida, garantida a continuidade de Rui Vitória, tanto pelo próprio como por Vieira, no Dragão, para além de um novo n.º 1, procura-se também um líder para o projeto futebolístico. E claro que isso dificulta a reorganização necessária. Pinto da Costa e Luís Gonçalves não têm ainda interlocutor para que os alvos da próxima época estejam identificados. É o preço a pagar por trocar de treinador. Nada perdido, longe disso, mas dificulta.

 

— ler mais

Processos árduos de construção

30 Julho, 2017 0

Após a conquista do tetra, a saborosa quarta vitória consecutiva de Luís Filipe Vieira, Sporting e FC Porto atravessam um período difícil. Envolvidos novamente em processos de reconstrução que levem à reconquista do título, mas sem o dinheiro, a base de trabalho e o saber ganhar hoje plenamente instalado na Luz. Custou mas foi. É uma das grandes obras de Vieira.

— ler mais

Milagres e tantas outras coisas

26 Julho, 2017 0

José Mourinho chega a mais uma final europeia. A 4.ª da carreira. E no que se rotula como uma má temporada do Manchester United – e, de facto, na Premier tem sido medíocre – o técnico português arrisca-se a ganhar em Estocolmo o 3.º título da época: Supertaça, Taça da Liga e a ver vamos se a Liga Europa. Mas isto nada tem a ver com milagres. É talento e trabalho. Como CR7.

— ler mais

O desafio do Benfica e os discursos

19 Fevereiro, 2017 0

Numa temporada que em termos de resultados se pode apelidar de fulgurante, o Benfica joga hoje o acesso à final de mais um troféu. No fundo, novo passo do marco histórico que os encarnados perseguem esta época: conquistar todos os títulos em que estão envolvidos internamente. Uma tarefa só ao alcance de verdadeiros campeões e que mostra bem a hegemonia a que o clube da Luz se propõe no futebol português.

— ler mais

Formação é uma fórmula que funciona

18 Fevereiro, 2017 0

O Benfica vende Gonçalo Guedes ao Paris Saint-Germain em mais um negócio com o selo Jorge Mendes. Desta vez não a um dos clubes ‘amigos’ do poderoso empresário, mas sim a um grande emblema francês à procura de uma nova identidade. Mais um excelente encaixe na Luz a provar que se pode vender em janeiro sem colocar em causa a equipa. Fruto da estabilidade vivida nas hostes encarnadas e do excelente trabalho de Rui Vitória, que tem sabido encontrar soluções para todas as contrariedades que lhe são colocadas, seja pelo mercado, seja pelas malditas lesões. Mais, sinal de que a estrutura do Benfica, em conjugação com o técnico, soube construir um plantel capaz de enfrentar a temporada sem que a saída de Guedes levante questões desportivas muito preocupantes.

— ler mais

A equipa dispensava as eleições

26 Janeiro, 2017 0

Texto publicado na versão impressa a 20 de janeiro de 2017 e em Record Premium.

 

O Sporting vive uma crise desportiva evidente e com eleições à porta. O sufrágio é em si um ato perfeitamente natural e até salutar, quando se perspetivam já três candidatos. Não podia era chegar em pior altura para uma equipa em claro défice de confiança e que vê escalpelizados os problemas, de forma honesta ou mais colada a uma e outra cor, quando precisava era de paz e sossego para tentar reencontrar o caminho do sucesso. Ninguém tem culpa. Nem Bruno de Carvalho, nem os opositores. A vida tem datas e fosse o Sporting na frente não só os candidatos seriam menos, como os discursos menos fraturantes. No fundo, o que comanda os clubes são os resultados. As vitórias tudo disfarçam, as derrotas tudo colocam em causa. Papel difícil o do atual líder. Manter viva uma chama que lhe permita a reeleição e ao mesmo tempo comandar um clube que precisa de decisões claras e fortes para que a presente época não seja um tormento ainda maior. Mostra nervo ao segurar Jesus e convidá-lo para a Comissão de Honra. Os votos não são tudo.

 

Bruno de Carvalho é hoje atacado por muitos quadrantes. Dos sportinguistas que lhe desejam legitimamente o lugar, aos rivais que farejam a oportunidade de derrubar quem tanto trabalho tem dado. É mais fácil destacar o erro que foi berrar com os jogadores em Chaves do que elogiar a coragem de enfrentar os adeptos em ira. O homem é o mesmo. Tem defeitos claros e virtudes evidentes. Como quase tudo na vida.

 

A apresentação de Madeira Rodrigues foi clara. Mostrou ao que vem e apresentou ideias diferentes das do atual líder. Cabe aos sportinguistas perceberem quem melhor defenderá os seus interesses. Há tempo para isso. Tanto, que Mário Patrício também equaciona uma candidatura. Um homem mais próximo das bases e que pode ter apoios sonantes. Haverá ainda mais interessados?

Uma noite feliz para o Benfica

20 Dezembro, 2016 0

O Benfica teve uma noite muito feliz. Bateu o rival Sporting pela primeira vez na Luz desde que Jorge Jesus trocou de clube, segurou a liderança, aumentou a vantagem sobre os leões para cinco pontos e saiu do ambiente de desconfiança que começava a rodear a equipa após as duas derrotas consecutivas. Rui Vitória, o homem que já na época passada bateu JJ ao sprint e lhe ganhou o título, somou o segundo triunfo sobre o grande ‘inimigo’. Saboroso, de certeza.

— ler mais