O autor de uma banda sonora inesquecível e protagonista de um filme bem engraçado (“Once”) no primeiro disco a solo. Muito bom.